Olá! Crie sua conta de acesso ao site.
Se você já é cadastrado, faça o seu login.
Busca
Fórum UNESCO - MUN
Coroando uma trajetória educativa que se iniciou por acesso eventual a fóruns nacionais/internacionais no Brasil e na América Latina (sob coordenação do Programa de Escolas Associadas da UNESCO), avançou para a participação sistemática em fórum coordenado pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em São Paulo, e transpôs a prática para o Da Vinci, mediante criação de um fórum estudantil local de natureza permanente, um grupo de representantes do Da Vinci participou, durante o  recesso de julho/2009, de um fórum internacional intitulado “UNESCO Center For Peace – International Model UM Conference”, realizado nos Estados Unidos da América, sob coordenação da UNESCO.  O evento tinha como propósito discutir problemas globais e propor soluções para a paz mundial, considerando os enfoques de produção e consumo de tabaco no mundo; distribuição populacional e econômica entre os países dos diversos continentes; aquecimento global; globalização e diplomacia multilateral.



Concentrado no auditório da Faculdade Hood College (em Frederick, Maryland, EUA) nos dias 29, 30 e 31 de julho e 01 de agosto, o fórum em questão caracterizou-se pela excelente organização e fornecimento de subsídios para os alunos atuarem na condição de diplomatas/conselheiros, mediante estudos autônomos, palestras e debates com professores universitários e profissionais da diplomacia em torno dos temas trabalhados, os alunos do Centro Educacional Leonardo da Vinci representaram Argélia, Bangladesh, Dinamarca, Alemanha, África do Sul, Sudão, Venezuela, Paquistão e Filipinas, o que propiciou a eles uma visão panorâmica da atual configuração geopolítica e socioeconômica do mundo. Agraciados com menções honrosas (melhor delegado do Fórum; maior fluência em Inglês: melhor DPO - Documento de Posição Oficial), nossos estudantes polarizaram discussões/resoluções e o encaminhamento de propostas/ formulação de documentos, além de interagirem com cidadãos de diferentes nacionalidades (chinesa, ganesa, etíope, indonésia, norte-americana, húngara, camaronesa, indiana e búlgara), exercitando a convivência com a diversidade e a compreensão do potencial de diferentes culturas e visões ideológicas.

Um momento marcante da sessão solene do Fórum consistiu nas explicações dadas por todos os participantes – estudantes e professores de diferentes países – acerca de suas expectativas quanto à experiência que estavam prestes a vivenciar. Os alunos da Escola, exercitando o falar em público e a fluência em Inglês, desincumbiram-se muito bem da tarefa e destacaram como principais referenciais o senso de cidadania, a eficácia da comunicação e a visão política e engajada que um fórum de tal abrangência lhes traria, especialmente pela pluralidade de pontos de vista, fontes de pesquisa e observação participante.

Nos tempos extraordinários em relação à programação do evento, seguindo a filosofia do Da Vinci de apropriar-se de cada viagem (nacional ou internacional) para aprofundamento na perspectiva cultural, os representantes do Da Vinci estiveram primeiramente em Washington, onde visitaram o Museu do Ar e Espaço, Museu de História Natural, Museu do Índio, o Capitólio, Memorial a Abraham Lincolin e Memorial da Seguinda Guerra. Em Baltimore, conheceram a área portuária (principal atrativo turístico-cultrural) e sentiram de perto os contrastes entre tradição e modernidade. Já em Nova York, tiveram acesso à Estátua da LIberade e Times Square.



Ultrapassando a questão turística para alcançar a dimensão diplomática, visitaram também o Departamento de Estado Americano (em Washington), onde assistiram a uma palestra sobre o papel político dos Estados Unidos no mundo, proferida pelo diplomata Benjamin Cartin, ocasião em que os alunos formularam perguntas sobre a interface da política externa americana com a questão dos direitos humanos; a sede da ONU em Nova York, onde os alunos puderam observar de perto o ambiente em que se concentram as decisões políticas entre os países e os reflexos da atuação dos grupos fundamentalistas sobre a questão da paz mundial; a Missão Permanente do Brasil na ONU, onde foram recebidos pelo diplomata Norberto Moretti, que ministrou uma pequena palestra sobre a reestruturação da ONU e as intenções diplomáticas do Brasil, inclusive no tocante à sua inserção como membro permanente do Conselho de Segurança. Todos esses contatos propiciaram aos alunos um rico repertório de experiências, conhecimentos e aprendizagens para a vida, sentindo-se como efetivos cidadãos do mundo.

Foram interessantes também as visitas feitas ao jornal “Frederick New Post”, que prestou cobertura ao Fórum e publica 140 mil exemplares por dia, oportunizando aos nossos alunos contato com a Direção Geral e uma visão próxima dos destinos da Imprensa na contemporaneidade; à Prefeitura de Hagerstown, em que o prefeito local discorreu sobre as características econômicas e políticas da região; ao Conselho do Condado de Frederick, em que os conselheiros acolheram nossos alunos para demonstrar como se dá a atuação voluntária naquela instância, aproximando-os dos parlamentares de outros países, só que sem os custos para o erário que os caracterizam. Nesses contatos, era sempre valorizada a participação do Centro Educacional Leonardo da Vinci no evento e o pioneirismo de nossa atuação sob a perspectiva de oportunizar momentos de formação para nossos alunos na área de relações internacionais e diplomacia, o que certamente se projetará na escolha profissional de alguns dos agraciados.



A simulação de uma experiência diplomática de caráter internacional desafia nossos alunos a perceberem a dimensão do homem integral e além-fronteiras como mais um componente de seu currículo. As aprendizagens por eles acumuladas e princípios educativos vivenciados instigam-nos às tomadas de posição que atribuem à educação o papel transformador da realidade.  Nada mais consentâneo com uma escola de perspectiva cultural e que traz os princípios vincianos como norteadores da teoria e de sua transposição para a prática.

Em 2012, o Fórum acontece de 15 a 27 de julho. Teremos 9 alunos do Da Vinci participando, acompanhados por Lorena Bonadiman, Assessora da Direção, e Cristiano Carvalho, coordenador de Línguas e High School.




Página Inicial | Tour Virtual | Notícias | Inscrições em Atividades | Fale Conosco | Circulares | Infantil | Fundamental | Ensino Médio | A Escola | Perspectiva Cultural | Fóruns Acadêmicos | Viagens Acadêmicas | Oficinas Opcionais | Vestibulares e Enem | Olimpíadas | High School | Conteúdo Pedagógico | Informações 2013 | Inscrições em Atividades

Rua Elias Tommasi Sobrinho, 154, Santa Lúcia - Vitória, ES - Brasil - CEP 29056-910 - Tel: (27) 3334 6300
© Centro Educacional Leonardo da Vinci 2021 · www.davincivix.com.br